sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Criador da Wikipedia diz que site não é confiável.

da Ansa, em Londres."Um dos fundadores da enciclopédia eletrônica online Wikipédia criticou as afirmações do ministro da Educação britânico, Alan Johnson, que disse que o site seria um instrumento educativo para os estudantes. Segundo Larry Sanger, que participou da criação do Wikipédia em 2001, a enciclopédia não é muito confiável."Temo que Johnson não sabe ainda dos problemas que a Wikipédia possui, começando pela dificuldade da sua gestão, dos conteúdos muitas vezes não confiáveis e o envolvimento em uma série de escândalos", afirmou Sanger."A Wikipédia ainda é muito útil e foi um fenômeno interessante, mas chegamos à conclusão de que não é uma fonte totalmente confiável", acrescentou.Durante a conferência anual da Associação dos Professores e do Sindicato dos Professores, que aconteceu nesta terça-feira em Belfast, na Irlanda do Norte, Johnson descreveu a internet como "uma incrível força para o bem da educação" de professores e alunos, chamando a atenção para o papel da Wikipédia."A Wikipédia permite que qualquer um tenha acesso a informações que antes eram somente reservadas a quem havia se inscrito no site da Enciclopédia Britannica", concluiu o ministro. A Wikipédia é um dos dez sites mais visitados do mundo e contém mais de 6 milhões de verbetes e definições feitas exclusivamente por voluntários. A página, porém, já foi acusada de conter várias imprecisões.Preocupado com a pouca confiabilidade das informações na Wikipédia, Sanger decidiu abandonar o projeto e há duas semanas lançou uma nova enciclopédia online, no endereço www.citizendium.org.O Citizendium ainda é realizado com contribuições dos usuários mas, esclarece Sanger, o diferencial é a constante monitoração feita por um grupo de especialistas e professores universitários." (Extraído).
Até que ponto poderemos confiar na Wikipedia? Sabe-se que os verbetes são escritos por voluntários e que, dependendo do caso, o significado tende a corroborar o grupo da qual o voluntário pertença. Isso implicará em parcialidade. Como você ajudará seus alunos a serem melhores informados sobre isso?

5 comentários:

Kelly Russo disse...

Legal a postagem, Edson. Também acho que temos que ter cuidado no uso da wikipedia, assim como de outros espaços virtuais.

Aliás, a visão crítica deve estar presente também no uso de livros, de referências teóricas, de vídeos, filmes, etc.

Como vimos em aula, falar em educação significa incluir a discussão sobre visões de mundo, sobre a sociedade que queremos formar, sobre quais os valores que priorizamos, quais devemos retrabalhar.

Portanto, o olhar atento do professor e o senso crítico deve estar sempre presente.

Regina de Deus disse...

Sua postagem é valiosa, pois nos ajuda a ficar mais atentos ao que lemos, vemos, ouvimos,etc. Tanto na Wikipedia quanto em outros meios de comunicação, devemos sempre ter um olhar crítico, assim podemos orientar melhor nossos alunos.

Danda Rocker disse...

De fato, não podemos nos ater unicamente a um site como referência para nossos estudos, nossas pesquisas. E isso nos faz refletir também sobre a importância do nosso (e confiável) amigo: o livro.

Sandra Christina.

Danda Rocker disse...

Logo, todo tipo de material que venha a contribuir e enriquecer a produção de pesquisas, oficinas e trabalhos escolares seria bem-vindo.

Jenifer Lopes disse...

A observação que o Edson nos traz é interessantíssima. Realmente a wikipédia não é 100% confiável. No entanto, que fonte é 100% confiável?
Todo escrito, ou todo o estudo, relata a óptica de seu autor. É importante questionarmos sempre a veracidade do que lemos, não só na internet em sites como o wikipédia, como em qualquer fonte que recorramos.